Páginas

terça-feira, 26 de julho de 2011

Pipas

Esse post é pra dizer: Vale a pena ler Khaled Hosseini.
Experimente querer ler um livro todo num dia só ;D

- Ana, ontem eu tinha três pipas, hoje tô só com uns pauzinhos que achei na rua. Ainda fui catar um pipa que caía do céu, e o menino me encarou feio dizendo: "É minha!"
"já está na minha mão!" - Eu respondi. Então ele foi embora. Pena que perdi um pedação da minha "chilena" e os três pipas que tinha em casa tirando "relo".


Essa foi uma conversa informal com o Victor, filho (neto -é uma longa história) da Dona Ruth, mulher toda especial que merece capítulos só pra ela. Nunca imaginei que teria contato direto com uma criança que me lembrasse a face de Hassan, cheguei até a imaginar que Hassan existisse olhando pra carinha desse menino.


Nunca entendi esse respeito pelo menino que cata as pipas que foram "cortadas". Parece uma regra que as crianças criam entre si, uma regra que deve ser respeitada.
A pipa cortada, é de quem catar!


É uma cena clara do filme de um dos meus escritores PREDILETOS: KHALED HOSSEINI.
ELE É SIMPLESMENTE FANTÁSTICO. Amo seus dramas, amo seu jeito de escrever e amo as suas duas obras, afirmando com toda certeza que são minhas prediletas.
Sobre as pipas foi o primeiro que li. Assisti o filme, e o menino hazara é idêntico ao que o Khaled descreve. Mas cada gota de sentimento colocado nas entrelinhas desse livro merecem ser lidas. Além disso Khaled nos traz toda uma história, toda a cultura do Afeganistão, de onde nasceu: Cabul.
A inspiração pra esse post veio com a leitura de A Cidade do Sol, que eu decidi ler nas férias da faculdade. Passei a ser fã de Mariam e de Laila, imaginando o semblante, o jeito de ser de cada uma das duas mulheres. Mesmo Rashid, grosso. E Tariq é o tipo de personagem por quem todas as menininhas se apaixonaria, inclusive Laila ;D

Capa do Filme O Caçador de Pipas

Cenas do filme: O Caçador de Pipas - à esquerda Hassan,
o menino hazari que caça, à direita Amir, o que empina. 

O inverno de Cabul é marcado pelo Torneio de Pipas.
Algo semelhante acontece no Brasil?
As crianças entram de férias em julho: mês de inverno - mês de pipas no céu.

Balancete de fim de semestre \o/

Eita bixarada! 1,2,3,4 Veterano é um barato!



A tão esperada chegada dos moletons! aopksopaksopa



Sessões da minha vida: com Macioniro Celeste


- História da Educação *-* - Macioniro (aquele que parece ser anti-jesuita, mas nega ser, e é muito engraçado): 7,5
- Filosofia da Educação - Carlos (Aquele que eu quase estourei de faltas porque a aula dele é no sábado, o ex-seminarista): 7,5
- Pratica de leitura e produção de texto - Maria Angélica (A encantada): 8
- Prática de Ensino - Maria José (Zezé, minha preferida *-*): 10
- Sociologia da Educação - Luciana (A docinho): 8,5
- Psicologia da Educação - Melissa (Mel - a que mistura bom humor com conteúdo): 8,5

Essas foram minhas notas e meus professores!
Mas o mais legal dessa nova experiência na minha vida foram as emoções: de entrar numa universidade, conhecer pessoas novas, me despedir de algumas já no inicio, e semestre que vem dar boas vindas a outras!
Muitas brigas, muitos conflitos, o moleton que não chega, um poeta aki (Brian), uma musicista ali(Fer), e mais 3 amigas (Gi, Dani e Larinha)! Poxa foi um semestre feliz apesar de todo extress! UUU conheci 3 japoneses cara! Foi emocionante! NÃO QUERIA QUE A JAPA FOSSE EMBORA! as duas! Mas a segunda eu tive mais oportunidade de conhecer! A primeira queria que ficasse, mas não por mim.
Muitas noites mal dormidas e ter que escolher entre tomar banho e jantar!
Chegar lá e pedir dinheiro emprestado pra meio mundo, porque eu ia com fome, e preferia o banho, claro, mas a cantina da unesp quebra minhas pernas! o bar da Cida tbm!
Entrar pro GOU e chegar sempre na benção final da missa, nem que seja só pra dizer : E aí Jesus! Eu vim!
Superar os desafios, dar a cara a tapa pra cantar a música da India na aula da Encantada sem ter afinação nenhuma mas ela tava enchendo o saco pra algm cantar e a aula não seguia! opsakoapskaosp
Aprendi onde ficam Orion, Saturno e um comitê de planetas e estrelas legais com o meu amigo cabeludo e estranho, que ninguém gosta, mas eu curto ele. Na verdade as pessoas não tem paciência com o Brian. Ele é incrível. AAAh, e um dia eu te pago aquela pipoca!
Lembra que nós temos que lançar um livro no segundo semestre hein!
Quantas poesias você já tem!?


Ah faculdade, você me reserva muitas experiências ainda!

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Sonho de uma flauta - O Teatro Mágico

Nem toda palavra é
Aquilo que o dicionário diz
Nem todo pedaço de pedra
Se parece com tijolo ou com pedra de giz
Avião parece passarinho
Que não sabe bater asa
Passarinho voando longe
Parece borboleta que fugiu de casa

Borboleta parece flor
Que o vento tirou pra dançar
Flor parece a gente
Pois somos semente do que ainda virá

A gente parece formiga
Lá de cima do avião
O céu parece um chão de areia
Parece descanso pra minha oração
A nuvem parece fumaça
Tem gente que acha que ela é algodão
Algodão as vezes é doce
Mas as vezes né doce não

Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
O dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
Hum... E o mundo é perfeito
Hum... E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito

Eu não pareço meu pai
Nem pareço com meu irmão
Sei que toda mãe é santa
Sei que incerteza traz inspiração
Tem beijo que parece mordida
Tem mordida que parece carinho
Tem carinho que parece briga
Tem briga que aparece pra trazer sorriso

Tem riso que parece choro
Tem choro que é por alegria
Tem dia que parece noite
E a tristeza parece poesia
Tem motivo pra viver de novo
Tem o novo que quer ter motivo
Tem aquele que parece feio
Mas o coração nos diz que é o mais bonito

Descobrir o verdadeiro sentido das coisas
É querer saber demais
Querer saber demais

Sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
O dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar

Mas sonho parece verdade
Quando a gente esquece de acordar
E o dia parece metade
Quando a gente acorda e esquece de levantar
E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito
E o mundo é perfeito...


Pro meu amigo poeta/músico ;D
Pra te dizer que é assim que um dia eu quero escrever...
A fusão de poesia e música deu certo aqui sem que um dissolvesse o valor do outro.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Tamu junto e separado! #Acampa

"Cadê as 4 Marias que tavam agitando hein?!" - Leei
E tem gente que acha que grupo de oração, igreja, e retiro, é só rezar!
Um retiro é ainda melhor, quando os frutos são realmente produzidos, assim como a amizade que nasceu entre a gente, será fruto, será CELEIRO!
O desafio mais emocionante!
Nada melhor que esvaziar o coração dos traumas e tristezas! Assim os espaços podem ser preenchidos pelo amor de Deus!
Equipe Verde, ganhadora da camiseta da turma mais animada! Não pelo prêmio, mas pra dizer aqui, que esse retiro foi emocionante, porque foi do lado de vocês!
Foi o melhor acampamento que participei até agora! O fato mais marcante das minhas férias!
Uuuuh nunca andei no meio de um córrego, fiz trilha, a gente se banhou (literalmente) com baldes, copos, mangueiras de água!
Cantei, dancei, pulei, aproveitei, voltei só com 3 arranhões e um ematoma lindo pra casa!
AAAAH COMO EU NÃO QUERIA SAIR DE LÁ! E sair da companhia daquela galera gente boa e cheia de história pra contar!
Existem momentos imensuráveis. Bastam que eles perpetuem na memória!