Páginas

sexta-feira, 1 de abril de 2011

A pedra de fogo e o fuzil


A pedra de fogo, ao ser batida pelo fuzil*, surpreendeu-se e disse-lhe duramente: "Por que me castigas? Não me maltrates, deves ter me confundido com outro. Nunca ninguém me quis mal."
Ao que o fuzil respondeu: "Se tiveres paciência, verás que fruto maravilhoso sairá de ti."
A pedra, a tais palavras, se acalmou e suportou pacientemente o castigo, até ver brotar de si o maravilhoso fogo, que com sua virtude realizava infinitas coisas.

Dito para aqueles que assustam no inicio de suas tarefas e que, quando aceitam o comando e se dispõem com paciência a continuar trabalhando, veem coisas maravilhosas se realizarem.


_______________________________
Leonardo Da Vinci - Fábulas e Alegorias

*Não confundir com a arma de mesmo nome: Aqui, fuzil é o instrumento de metal que, batido numa pedra (ou pederneira), produz faíscas para acender o fogo.

Um comentário:

  1. Eu NUNCA imaginaria que Da Vinci escreveu fábulas! :o

    Deve ter muitas outras tão boas quanto essa...

    ResponderExcluir

Diálogo?