Páginas

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Como adormecer

Preciso de respostas!
Preciso de curas...
Preciso fugir, correr, sumir por um tempo!

"Histórias tristes rendem boas histórias" Já dizia Kalhed Rosseini em meu livro preferido: o Caçador de Pipas.

É como adormecer...
Como desligar-se por horas do mundo, das pessoas, dos compromissos, das contas...
O botãoOff
onde fica?!

Não quero mais ver seus nicks... Não quero mais esperar, quero que essa ansiedade passe logo.
Perdi a vontade, perdi a paciencia. Quero voltar a confiar. Ainda morro sem ser colocada em primeiro lugar, nem em primeiro, porque o primeiro é de Um só, pode ser o segundo, apenas uma vez. Não mereci ser citada, não mereci ser demonstrada?

E se me restar pouco tempo? Há um unico sonho que me ronda. Um sonho meio tormento... um sonho que exige tudo aquilo que perdi.
Inclusive agora, AGORA eu entendo o que o House sofre.
Mas que eu queria realizar. Enquanto eu estiver viva, será por isso. Você pensa que sabe o que significa pra mim.
Acreditar...
Quem acredita, sempre alcança!
Aaah Renato Russo seu Filho da mãe!
pra manter alguém vivo, e lutando, é preciso ser muito fera!
A frase não é dele, mas a emoção é. E se tem algo que me move, é emoção. Razão? isso é pra quem curte numeros. Tão humana.
Tem dias que sorrir é tão dificil. E sorrir é uma dadiva minha.

Desencanto.
Don't let me go!
Don't let me go!
Botão Off!

Coisa de momento.
Amanhã passa.
Assim que eu acordar.

Uma amiga me disse, que o melhor das fases, é que elas passam...
Pena que algumas fases demoram tanto pra passar.
Ou pena que eu não sei parar de enfatizar esses sentimentos ruins.

Tão humana :(
Que as vezes dá vontade de renunciar a humanidade

3 comentários:

  1. Demoram... mas passam!

    Também to esperando...

    e sabe... as vezes acho que minha "exatidão" é uma maneira de fugir da humanaaa que me persegue!

    ResponderExcluir
  2. Ahh é...estava me esquecendo


    "É preciso lembrar que nem sempre precisamos de respostas. A vida, por vezes, só é possível no silêncio do questionamento."
    Pe. Fábio de Melo. (by post do meu blog! Um Dia! rs)

    ResponderExcluir
  3. Vinicius dizia que a alegria era um intervalo entre duas tristezas. Logo, já já td se ajeita para depois ficar ruim de novo, mas se td fosse perfeito a vida n tinha graça né?
    Abraço, mt legal teu blog
    Lola
    www.louisianameireles.blogspot.com

    ResponderExcluir

Diálogo?