Páginas

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010



éé.
Hoje eu faço 19 anos. CARACOOOLES, JÁÁÁ!?

E quero partilhar duas coisas.
A primeira é que, como sofro influências BORBOLETÍTICAS na minha vida, estou em fase de metamorfose. Acho que o Raul fez aquela música pra mim :D
Estou mudando, de atitudes, de opinião, talvez minha personalidade esteja agregando novas coisas.
Estou confusa (pra variar!)
Sabe estou no dilema do: Deixar o tênis e pôr salto? Passar ou não o batom? Agir como uma garota adulta e madura, ou coo a criança que você sempre foi?
CRESCER? OU NÃO CRESCER? Eis a CONFUSÃO... quando se quer fazer as duas coisas. Quando se PRECISA crescer, mas você quer continuar comendo doces adoidado, dando risadas
altas e gostosas, frequentar parques de diversão, Correr, pular, brincar, Ter festinhas de aniversário, ganhar presente de natal (e ursinhos no dia das crianças); quando QUERO FUGIR DOS PROBLEMAS, DO TRABALHO, e estudar, só estudar!!!
Em contraste estou diante de situações que, não me sinto bonita (y), e ninguém faz com que eu me sinta. Tenho problemas, contas, tenho uma banda, tenho compromissos na igreja. Tenho que estudar por conta pra segunda fase do vestibular. Tenho que começar a pensar em casamento, porque tá muuuuito caro casar hoje em dia. Preciso economizar. Será que devo começar a treinar andar de salto? SEI QUE SOU UM DESASTRE NISSO. Maqs eu acho bonito. Mas não faz meu
estilo. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! entendem? Não? Ótimo.

Como é que os filósofos chamam isso?
Crise existencial? CONFLITO INTERIOR?
PsicoProblemáticaHumana?

Comofaço? Quero que minhas atitudes continuem a variar entre 9 e 59 anos!

Mas nem tudo são espinhos (putz que clichê!)
De novo...
Mas nem tudo são xaropes amargos... Existe também a parte pirulito docinho (bem mais minha
cara!)

Eu tinha um trauma sabia?
Trauma de que NUNCA havia tido uma festa surpresa na vida :D
Quando o assunto era esse eu sempre me imaginava velhinha na minha cama, contando histórias
pros meus netos. Aí eles me perguntavam: "E as festas surpresas de aniversário vó?!" E eu dizia: "O bolo de cenoura está pronto!"
SOAPKSOPKASOPKASOPKA
Tenso '-'

Mas neeeeeesse ultimo fim de semana, um bando de malandrinhos aprontaram uma beeem grande comigo.
Me levaram pra Jaú num sabado a tarde, me fizeram achar que eu tava lá pra um simples rolê. E nessa parte trabalharam o Wesley e o Tato. E meu lindo emuito amado namorado Gustavo.
Safadinhos.
Mano, já era quatro e meia da tarde eu recebo uma mensagem assim no meu celular:
"Nina, não to beem, preciso conversar com você. To aqui no doce pimenta. Se tiver em jau me avisa!" - Da Dona Silvinha, muito amiga minha por sinal.
Aí, EU FUI CORRENDO LÁ VER O QUE ERA NÉ.
Cheguei lá o olho dela cheio de lágrimas (farsidade! posakopksapoks) E dei um abraaaço bem forte e ela me chamou lá dentro pra conversar..
O celular dela tava emcima do balcão. E ela disse: pega meu celular pra ver o que ele me
mandou, tá ali emcima do balcão!
A hr que eu cheuei perto o balcão, um monte de gente saiu de traz dele gritando Surpresa, com um montão de bexigas coloridas *------------------------------*
Eu dei pulos (de alegria e de susto ao mesmo tempo!) OSKAOSKAOP
Tinha um bolo muito ostoso de chocolate com morango (perfeito! a melhor mistura que existe!)
E ganhei uma agenda do smilinguido (que eu queria desde quando teve o Teen Night em Matão) do meu Tato!!! Eu amei. E da Ana Marques, uma das primeiras amigas que eu tive desde que frequento a Sao Judas com o Gu, ganhei dois chaveirinhos, um também do Smilinguido! E UMA PANTERA COR DE ROXA! *----* cara, foi maravilhoso, eu nunca vou esquecer esse episódio da minha vida.
MUITO OBRIGADA GENTE.
Por lembrarem de mim, e fazerem com que eu me sentisse importante pra vocês. Muito obrigada por estarem dividindo a alegria de completar mais um ano de idade ao lado de vocês.
Se eu organizasse uma festa, convidaria cada uma das pessoas que estavam lá. Inclusive a abi, que tão pouca oportunidade tivemos de passar momentos juntas. Eita peste né?! apokspak
Eu dividi com vocês momentos tristes. E PERCEBI QUE VOCÊS ESTARÃO TAMBÉM AO MEU LADO QUANDO FOR MOMENTOS FELIZES!
Obrigada mesmo meus amigos.

Claro que o primeiro pedaço do bolo foi pra Aquele que eu amo sobre todas as coisas. Pna que Ele não pôde comer. ENTÃO EU COMI POR ELE! opksaopksopaskop
Cada pessoa que estava lá merecia um pedaço bem recheado e cheio de morangos. Porque eu amo muito todos que estavam lá.
Meus amigos *-* Eu amo tanto vocês.

E tanto amor havia lá... QUE A BEXIGA SE SENSIBILIZOU:


sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Inocência


Mamãe, a primeira vez que choveu
Achei que o Papai do céu estava bravo
E que as nuvens estavam despedaçando-se sobre mim
Me molhando friamente.



Mamãe, a primeira vez que vi o arco-íris
Achei que lá habitavam doendes
E que se eu chegasse no fim
Encontraria um baú cheio de ouro.



Mamãe quando eu tinha inocência

Eu prefiria os desenhos animados às novelas

Os morangos aos remédios

As bonecas aos bailes de sábado

Um amiguinho pra brincar no parque, à um namorado



Mamãe me assustava com filmes de terror
Achava que as múmias eram vivas ao invés de mortos,
Achava que o saci pererê me pegaria nas sextas feiras 13
e então suava como uma boba escondida embaixo das cobertas



Diga-me mamãe, porque passou tão velozmente
Mal vi o término da escola,
Corri pelo trabalho, e logo me casei...
Pessoas entraram, pessoas saíram
ME alegrei, fui feliz.
Chorei, vivi dias amargos.
Onde é que foi parar toda aquela inocência?
Quando reclamava do estrepe em minha mão,
Papai sempre dizia: "Você não sabe o que é dor menina!"
Quando adolescente reclaamei dos meus problemas, papai sempre me disse:
"Você vai começar a ter problemas quando crescer mais!"
E quando papai me batia, eu sentia ódio dele. Mas sempre o amei.
Ele sempre foi meu herói.



Mamãe, eu agarrava a barra da sua saia.
E hoje tenho alguém agarrando a barra da minha.